Just another WordPress.com site

Falling in love

Nunca foi uma metade, acho que na verdade, sempre foi um terço. Talvez ate menos. Tem sede de lagrimas, das minhas lagrimas. Caem por ela, por isso, as quer de volta. Vestida de branco, quase uma santa. Uma tela sozinha esperando pinceladas de meus resquícios

Quente, entrega sua origem. Fria, deixando claro meu destino. Faz com que eu queira um aconchego para confortar-me. Ai, como ela se diverte! Sua risada, travestida de uma meiguice inexplicável, sequestra meus ouvidos.  E não ouso em pedir resgate.

Levita-me. Meus pés não se importam em trair o asfalto. E faz isso com todos, conquista-os. Tolos, não os culpo. São Jorge lhe deu a lua. Ò curvas belas venham de encontro a mim. Não quero mais ficar sozinho.

Pérola preciosa. Entreguei-lhe rosas, mas seus espinhos não romperam sua proteção. Selada por feitiço de magos egoístas. Um dia ela será minha. Conquistarei seu coração para que ninguém mais possa se atrever e imaginar como seria reinar neste corpo.

Talvez eu seja só mais um corpo para servi-lhe de chão. Seria uma honra ficar sob seus pés. Não me importaria de ser um encosto. Desde que ela possa descansar seu lindo rosto sobre meus ombros.

E não direi que aquele rosto lindo, o qual fazia o vento parecer pesado e meu desejo transcender, foi esculpido por anjos. Porque se tivesse sido, não teria caído em terra. Exuberantes asas completariam sua silhueta.

Todos a querem. Eu a quero. Ela lhe olha fazendo-o acreditar em uma possível posse. É, eu acreditei. Ò sugadora de almas, estou aqui pra você, por você, e espero que um dia, com você.Dar-te-ei meu suspiro, meu sonho. Sim, serei doce.

Já não sei mais o que fazer. Daqui de cima a vejo. Ò deus, perdoe meus pecados e dê-me asas. Vejo uma fada lá embaixo que anda dançando e dança sobre andarilhos. Não usarei as escadas para descer.

Tenho pressa. Em vida, já tentei de tudo. Agora, em morte, minha alma, estará nas nuvens a te vigiar. E meu corpo, esparramado ao vento a te encontrar. Em morte, ofereço-lhe meu coração e sei que não hesitarás em arrancá-lo. Finalmente, assim, me aceitarás e serei seu. E você, querida, minha manta branca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s